Direção cênica e princípios estéticos na companhia dos Meininger

Pablo Iglesis Simón

Tradução de Fátima Saadi

Folhetim n.º 25, jan-jul 2007, p 6-31.

“Muita coisa já foi dita a respeito da companhia dos Meininger, mas há divergências a respeito de inúmeras dessas informações. Por exemplo, alguns estudiosos atribuem à companhia, liderada pelo Duque Georg II de Saxe-Meiningen, a invenção de diversos procedimentos cênicos; outros consideram o Duque simplesmente o primeiro diretor teatral de todos os tempos e, os mais cautelosos, vêem nele o primeiro encenador contemporâneo. Além disso, para alguns analistas, a responsabilidade pelo trabalho de direção coube essencialmente a Georg II, para outros, coube a Ludwig Chronegk, intendant e régisseur da companhia entre 1871 e 1891….”

Link do artigo na integra em PDF –> Direção cênica e princípios estéticos na companhia dos Meininger

Anúncios