um_texto_multi_mundos – dias_felizes

Hoje o nosso post semanal segue com mais um texto de Samuel Beckett, dessa vez a obra é “Dias Felizes” – “Happy Days”. O texto e suas multi imágens.

“Dias Felizes” é um monólogo em dois atos, protagonizada por uma mulher em uma situação insólita, ela está semi enterrada na terra.

No primeiro ato, Winnie está enterrada em terra até a cintura, é ignorada pelo marido dorminhoco. Winnie tem uma mala com vários artigos, como um pente, uma escova dos dentes e um revólver que abana com carinho. O ruído desagradável de um relógio irá marcar as horas de sono e as horas de acordar. Winnie mostra-se feliz com a sua vida. “Ah, bem, seja como for, é o que sempre digo, foi um dia feliz apesar de tudo, outro dia feliz.”

O seu marido Willie está perto, também num buraco. Winnie está imóvel, mas Willie, ocasionalmente, levanta-se e chega mesmo a ler o jornal junto à esposa (mas sem enfrentar o plateia)

No segundo acto, Winnie apresenta-se enterrada até ao pescoço. Continua a falar mas não chega à sua mala, somente pode alcançar o revolver. No fim da peça, Willie rasteja até junto da esposa que olha para ele com carinho, enquanto canta uma canção que se refere a uma caixinha de música que examinara no primeiro acto. Willie estava livres dês de o principio da peça.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem não viu o primeiro post da sequência –

um_texto_multi_mundos – atos_sem_palavras

Anúncios

um_texto_multi_mundos – atos_sem_palavras

Hoje vou começar um projeto semanal. Vou partir de um texto teatral, e com ele postar uma série de montagens diferentes do mesmo texto. Apresentando assim a imagética de cada equipe (diretor, cenógrafo, diretor de arte…) sobre um texto.

O texto de hoje é – Atos Sem Palavras de Samuel  Becket – Segue o link para leitura

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os números de 2011

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

Aqui está um resumo:

A sala de concertos da Ópera de Sydney tem uma capacidade de 2.700 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 31.000 vezes em 2011. Se fosse a sala de concertos, eram precisos 11 concertos egostados para sentar essas pessoas todas.

Clique aqui para ver o relatório completo

Cenário Ativo

No vídeo clip “This Too Shall Pass” a banda OK Go construiu uma Rube Goldberg Machine de vários andares e os sons e ritmos da grande máquina geram a musica e o visual do clip.

Para quem não sabe o que é uma Rube Goldberg Machine, é só lembrar das armadilhas/geringonças do gato Tom para pegar o Jerry ou o Coyote para pegar o Papaleguas.

Primeiras imagens dos cenários de “O Hobbit”

A pouco mais de um mês Peter Jackson, o já aclamado diretor da trilogia O Senhor dos anéis, gravou um video blog com imagens exclusivas dos cenários e figurinos do filme do livro homônimo “O Hobbit -ou lá e de volta outra vez” Agora que as gravações começaram, é esperar até 14 de Dezembro do ano que vêm para a primeira parte, e 13 de Dezembro de 2013 para a segunda parte. Fiquem com o video.

Plantas pra que te quero

Depois de muitos meses sem postar nada por aqui, vim com um grande post de volta. Venho aqui postar 7 plantas de teatro do Rio de Janeiro.1- Teatro Armando Gonzaga / 2-Teatro Artur Azevedo / 3-Teatro Glaucio Gil / 4-Teatro João Caetano / 5-Teatro Laura Alvin / 6-Teatro Mario Lago / 7-Teatro Vila Lobos . Vou postar na ordem: