Como fazer uma cortina simples

Já faz alguns dias que não posto, então hoje vou me aprofundar em algo bem útil.

Sempre chegamos naquele momento na organização de evento, que devemos criar pequenas cortinas para as portas, para que separemos ambientes, ou para que a luz de um outro local não interfira na projeção ou apresentação da sala.

Também quando precisamos de um fundo para um palco, mesa de bolo, ou local importante, e queremos tapar algum espelho ou objeto, ou item da construção que queremos esconder.

Hoje vou explicar passo a passo como fazer e pendurar uma cortina simples.

-Primeiro começamos com a compra do tecido, isso vai depender do efeito que você vai querer, se for para esconder a luz, uma lona de algodão ou um veludo, para uma decoração, um voil ou cetim. Mas o melhor tecido para um acortinado é sempre o que tiver maior largura, pois assim economizaremos com a quantidade a ser comprada, e dependendo do tecido ou local a ser instalado não vamos precisar costurar diversas tirar para conseguirmos a largura desejada, deixando um acabamento muito mais limpo, mas na maioria das vezes precisamos costurar. Nas lojas especializadas podemos encontrar lonas com até 3,20 metros, mas essas são bem grossa e nem sempre são as melhores.

Vou criar uma situação básica para entendermos isso e assim poderei seguir os próximos passos do processo.

Vamos supor que eu queira cobrir um espelho de 5 metros de largura e 3 metros de altura com um algodão cru, para uma projeção. Lembrando que a largura do algodão é 1,8 metros, e que teremos que ter um espaço de sobra para a costura, e também teremos que ter comprimento maior para a bainha superior e da barra; então gastaremos 3 tiras de 3,5 metros de comprimento, ficando com 25 centímetros para cada lado, para fazermos a bainha; e teremos sobre de 7 centímetros para cada lado da largura (Veja o desenho)
Para pendurarmos a cortina devemos ter ou um suporte para cortina já instalado, ou um trilho. Mas vamos supor que nesse caso não temo nada para pendura-la, então o que deveremos fazer é fixar um cano simples de ferro ou pvc na parede, criando um suporte substituto.

Caso a parede não possa ser furada, deverá ser construído um trainel, criando assim uma tapadeira (Entrarei nesse assunto em outro post!)
Na parte superior da cortina, faça furos com ilhos, como na imagem ao lado, fazendo com que o tecido não rasgue ou desfie, e que tenha um bom acabamento, e para pendurar, o aconselhável é o uso de cadarços chatos, para amarrar e desamarrar com firmeza e conseguindo rapidez para desmonte; fitas, como na imagem, para algo decorativo, caso não seja um projetor; braçadeiras de plástico, caso seja uma cortina que vá ser presa as pressas ou que ficará um tempo no local.

Se no seu caso, não for uma projeção, a cortina não precisará ter um peso na barra para ela ficar reta.

Mas caso precise, deixe as laterais na bainha da barra abertas, dos dois lados, assim você poderá enfiar um cano de PVC do tamanho da largura total da cortina, deixando ela bem reta.
Espero que essas dicas ajudem.

Caso alguma dúvida ficou, postem comentários, que responderei a todas as dúvidas!

PS: Olha também a segunda parte http://cenoagrafiadacena.wordpress.com/2010/12/21/como-fazer-uma-cortina-simples-segunda-parte/

About these ads

7 comentários sobre “Como fazer uma cortina simples

  1. Boa tarde

    Também preciso colocar algumas cortinas num espaço que não permite furar as paredes, mas acredito que as cortinas darão um toque especial na festa… como seria esta fixação? o que é um trainel?? Obrigada Margareth

    • Um trainel é uma moldura feita de sarrafos de madeira ou metalon, que com ela pode-se aplicar uma placa ou um tecido como uma cortina, e assim não há necessidade de se pregar ou furar a parede para sua fixação.

  2. Olá!

    Estou começando a trabalhar com eventos , mas muitas vezes não sei como montar algumas cenografias… adorei esta dica das cortinas, mas como faço trainel, pois a maior dificuldade é pendurar cortinas e lustres quando não há estruturas ou não podemos furar paredes ou tetos… Estou aguardando ansiosa.
    Obrigada,

    Maria Fernanda

  3. Pingback: Os números de 2010 « ceno.a.grafia.da.cena

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s